2348 - Rigolo -  Dicas da Nutri - 2017 - outubro-04

Conheça as dietas mais famosas da atualidade e que vão te surpreender.

 

Aderir a uma dieta da moda pode significar comer como um homem das cavernas, servir-se de ovo com bacon todos os dias no café da manhã ou riscar do cardápio todo e qualquer tipo de pão e/ou carboidratos refinados. Podem gerar desde a perda de peso rápida até a mudança para um estilo de vida mais natural.

Você já se deparou com uma pirâmide alimentar em algum momento de sua vida com toda certeza. Quando falamos de alimentação, ela é um método visual mais efetivo para elucidar o funcionamento de determinadas dietas – não necessariamente para emagrecer, mas para mostrar como comer de maneira saudável e equilibrada. Porém ela não pode servir de uma maneira geral para todos os indivíduos, afinal cada um de nós têm uma rotina, hábitos, metabolismo e genética diferentes.

Cada grupo alimentar tem uma função específica para o corpo. Atualmente é fácil se deparar com variações da tradicional pirâmide de acordo com a base de cada dieta.

  • Dukan (uso controlado de carboidratos, passa por 4 fases);
  • Paleolítica (tem poucos carboidratos, leguminosas e cereais, além de claro, banir produtos industrializados e doces);
  • Low Carb (baixa ingestão de carboidratos);
  • Low Fat (baixa ingestão de gorduras), por exemplo.

Quem quer perder peso acaba escolhendo alguma delas para seguir, mas é importante sempre ressaltar que cada pessoa tem um organismo particular, que funciona de maneira única e precisa de uma dieta equilibrada pessoal. É necessária que haja uma avaliação individual para saber em qual conduta cada organismo se encaixara mais.